Navigation Menu

Jane Austen: Biografia


Por Mianon Nascimento, Patrícia Fernandes e Priscila Mondo


jane-austen

Jane Austen nasceu em 16 de dezembro de 1775, em Steventon, no condato de Hampshire, Inglaterra. Foi a sétima filha de um pastor anglicano, a mais nova entre as duas únicas mulheres. Sabe-se que ela e sua irmã Cassandra foram confidentes pelas cartas que trocavam.


Assim como suas personagens, Jane Austen cresceu em uma zona rural entre a classe abastada e religiosa. Quando tinha oito anos, ela e a irmã foram estudar sob tutela dos Crawley, porém tiveram que regressar ao lar devido a uma doença infecciosa contraída em Southampton. No ano seguinte, os pais as enviaram para Abbey School, em Reading. Entre 1785 e 1786, J. Austen recebeu a única educação fora do âmbito familiar onde aprendeu a ler, escrever, dançar e tocar piano. A casa dos Austen tinha uma ampla biblioteca com aproximadamente 500 livros e, assim, Jane lia avidamente.


As irmãs Austen nunca se casaram. Jane teve um breve amor juvenil com Thomas Lefroy, aos 20 anos. Em janeiro do ano seguinte, 1796, escreveu à sua irmã dizendo que tudo havia terminado, pois ele não podia casar por motivos econômicos. Esse romance gerou muitas teorias e parece ter sido, de algum modo, uma inspiração para a autora. Ele foi retratado na biografia “Becoming Jane Austen” de Jon Hunter Spence e no filme “Becoming Jane”.


becoming jane


Aos 17 anos, Jane escreveu seu primeiro romance, Lady Susan, uma paródia de estilo sentimental. O segundo livro, Orgulho e Preconceito, foi escrito em 1797, mas publicado apenas em 1813. Ele se tornou sua obra mais conhecida, apesar de, inicialmente, ter sido mal vista e recusada pelos editores.


Entre 1795 e 1799 começou a redigir a primeira versão de Razão e Sensibilidade e Abadia de Northanger. A publicação daquele ocorreu somente em 1811, sob o codinome “uma senhora”. Vieram ainda outros grandes sucessos com Mansfield Park (1814) e Emma (1816).


Jane faleceu na manhã do dia 18 de julho de 1817. Um ano depois foram publicadas as obras Persuasão(1815) e Abadia de Northanger (1817).


Leia também:


Séries e filmes adaptados da obra de Jane Austen


Jane Austen, contexto histórico


As mulheres de Jane Austen - resenha da obra 'Razão e Sensibilidade' (1811)

0 comentários: