Navigation Menu

Casa no Jardim Icaraí é espaço para os amantes do cinema

Por Laura Zandonadi


Localizada em uma charmosa casa no coração do Jardim Icaraí, na rua Herotides de Oliveira, em Niterói, a videolocadora O Cinéfilo não passa despercebida entre tantos prédios comuns da região. Os apaixonados por cinema da cidade com certeza conhecem ou já ouviram falar desta casinha roxa, detentora de um acervo de filmes bastante variado. Investindo no charme e na irreverência do ambiente, o empresário Fabio Meirelles é locatário do espaço há nove anos e garante que esta combinação, em tempos de downloads facilmente encontrados na internet, é a fórmula de sucesso da loja.


Fabio aproveita também o jardim da casa: “Para o negócio é fantástico, a casa é linda e atrai o público. Cedi recentemente o espaço do jardim para aulas de inglês. Já tivemos também encontros culturais, lançamento de livros, pequenos shows, mostras de filmes...”, conta o empresário.


Produzido ao longo do ano de 2010, o Cine Arte Jardim foi um destes alentos culturais para a cidade. O evento reunia exibição de curtas com música, performances teatrais e poéticas, além de debates sobre produções independentes do cinema nacional. “A proprietária da casa só não gosta de muito barulho, ela mora aqui em frente e é dona de muitas casas em Niterói. Esta foi a primeira que ela morou com a família quando chegou da Inglaterra. Por isso um apego especial. Mas acho que conquistei a confiança dela”.


A especulação imobiliária é uma realidade que preocupa o empresário. A casa que havia ao lado da locadora já foi comprada e derrubada por uma construtora com a finalidade de surgir ali um novo empreendimento residencial. “A expectativa é que esta casa também seja vendida e derrubada, mas a dona vem resistindo.” E os amantes da sétima arte torcem para que continue assim.


[gallery type="slideshow" ids="1993,1994,1995,1996"]

[caption id="attachment_1957" align="alignleft" width="203"]Lar doce Lar (Matéria principal) Lar doce Lar (Matéria principal)[/caption]

[caption id="attachment_1913" align="alignright" width="282"]A Casa da Martha A Casa da Martha[/caption]

[caption id="attachment_1914" align="alignleft" width="282"]A Casa da Rosane A Casa da Rosane[/caption]

[caption id="attachment_1916" align="alignright" width="282"]A casa dos meus avós (Artigo) A casa dos meus avós (Artigo)[/caption]

[caption id="attachment_1906" align="alignleft" width="282"]A Casa Restaurante A Casa Restaurante[/caption]

Um comentário:

  1. Maria de Nazareth Lopes Oliveira15 de agosto de 2013 02:42

    Luisa querida sobrinha. Parabens pelo seu lindissimo artigo. Sabemos e testemunhamos o quanto seu avô amou sua querida avó, amor que irradiava aos que conviviam com esta familia amada. Voce fazendo parte de nova geração há de preservar este grande amor que seu querido avô curtiu por sua residência. Lí com seu tio e imprimi para mostrar aos familiares. Mai uma vez Parabens!

    ResponderExcluir