Navigation Menu

Rosane Lemos, moradora de Icaraí: “Não vendo. Só saio daqui quando eu morrer!”

Por Mariana Ghetti e Mayara Mendes

Entre duas casas de proprietários que também não saem por nada de seus lares, a advogada aposentada e cadeirante, Rosane Lemos Cruz, de 63 anos, vive há 40 em sua casa na Rua Cinco de Julho, em meio ao bairro de Icaraí, grande centro urbano de Niterói. “Só saio daqui morta!”, garante Rosane, que mora sozinha e conta com a ajuda de uma empregada doméstica para realizar suas atividades cotidianas.


Moradora de um local visado pelo mercado imobiliário da cidade, a aposentada conta que já recebeu ofertas para que vendesse sua casa. “A gente (ela e os vizinhos do lado, que também moram em casas) tem tido ofertas dos corretores, que querem construir clínicas ou apartamentos aqui”.


Mas, Rosane não pretende vender o imóvel, mesmo com propostas de ganhar um apartamento na construção que se ergueria no local. “Os corretores já ofereceram um apartamento nos primeiros andares, assim como aconteceu com os vizinhos da frente, que moravam em uma casa e hoje estão no primeiro andar do prédio que foi construído no terreno”, relata.


Rosane fala com certa nostalgia da antiga construção dos vizinhos: “A casa da frente era um casarão, dá até tristeza quando eu lembro. Eu acho que em apartamento, as pessoas ficam muito presas. Pensa só pelo lado das crianças. Se eu morasse em apartamento também não teria cachorro, é um pecado deixar os animais trancados”, diz enquanto seu fiel companheiro, o poodle Bilu, a observa.




[caption id="attachment_1961" align="alignright" width="282"]Rosane Lemos prefere morar em casa e tem apego ao imóvel em que mora desde criança/ foto Mariana Ghetti Rosane Lemos prefere morar em casa e tem apego ao imóvel adquirido pelos pais, no qual mora desde a infância/ foto Mariana Ghetti[/caption]

A casa de Rosane, que já foi reformada, pertence à sua família há quase meio século e faz parte da vida da aposentada desde que era pequena, quando seus pais, os segundos moradores do local, mudaram-se para lá. “Eu não me vejo em um apartamento. Sempre morei em casa”.


Sobre a segurança, Rosane admite receio, mas não vê isso como o maior dos problemas “Todo mundo diz que casa não tem a segurança de um apartamento, mas isso é relativo. Em prédios, se um ladrão entra, rende o porteiro, ele pode assaltar qualquer apartamento. Aqui, claro, o acesso é mais fácil, inclusive já foi roubado, entraram com um pé de cabra, mas graças a Deus não tinha ninguém em casa. Só que eu penso que as coisas acontecem quando tem que acontecer. Da mesma forma que eu estou aqui e posso ser assaltada, posso ir lá fora e cair um avião na minha cabeça.”


A advogada prefere se ater às vantagens de morar em uma casa em meio a um bairro movimentado de Niterói. “Em casa você tem mais liberdade. Aqui eu chego a hora que eu quero, faço o barulho que eu quiser. Em prédios os vizinhos tomam conta da vida do outro, o porteiro sabe de tudo, observam com quem você entra e com quem você sai”, brinca.







*Vídeo produzido por Igor Pinheiro


Rosane é uma daquelas moradoras que adora viver em sua casa com todo o conforto e liberdade, e ainda assim estar inserida em um grande centro urbano. “Eu gosto do meu bairro porque tem tudo. Todo tipo de comércio. Tudo ao meu alcance”, conta. Apesar de ressaltar que a pouca vazão do esgoto e a maior quantidade de lixo produzida são pontos negativos, a aposentada aprova o crescimento da cidade e as novas construções por conta de sua condição de cadeirante, fruto de uma paralisia infantil. “Para mim, o crescimento das construções, incluindo comércio e apartamentos, ao redor da minha casa, tem uma consequência positiva. Porque há mais acessibilidade, rampinhas nas calçadas, etc. Estão se preocupando bastante com isso. O comércio está mais acessível”, finaliza.




[caption id="attachment_1957" align="alignleft" width="226"]Lar doce Lar (Matéria principal) Lar doce Lar (Matéria principal)[/caption]

[caption id="attachment_1913" align="alignright" width="282"]A Casa da Martha A Casa da Martha[/caption]

[caption id="attachment_1916" align="alignleft" width="282"]A casa dos meus avós (Artigo) A casa dos meus avós (Artigo)[/caption]

[caption id="attachment_1906" align="alignright" width="282"]A Casa Restaurante A Casa Restaurante[/caption]

[caption id="attachment_1903" align="alignleft" width="282"]A Casa Videolocadora A Casa Videolocadora[/caption]

0 comentários: