Navigation Menu

Moda Sustentável: novas formas de consumo que pesam menos no bolso

Por Lara Gruppi, Marysangela Martins e Mayara Barcellos

Por muito tempo a ideia de pagar para usar uma roupa de segunda mão foi cercada por preconceitos. Mas de seis anos para cá essa situação mudou e o mercado do consumo consciente vem crescendo aceleradamente: o aumento foi de 210% nas vendas, afirma Sebrae Nacional.


Consumidores vêm optando pela compra em brechós físicos e mesmo por plataformas online na hora de renovar o guarda roupa sem gastar muito dinheiro. As peças nas araras têm os mais diversos estilos e chegam de diversas formas, seja de compradores que decidiram se desfazer de uma peça em boa qualidade, mas que não foi usada, pessoas que querem estar sempre renovando seu armário gastando pouco ou de consumidores que faliram e precisaram se desfazer de suas peças de grifes.


Por isso se engana quem pensa que só encontrará peças sem graça ou super baratas nesses locais. Muitas delas são roupas que marcaram uma determinada época e acabam se tornando atemporais, agregando mais valor.


Moda sustentável


Há diversos motivos para aproveitar e comprar peças em brechós. De acordo com Sebrae Nacional, a diferença nos preços está por volta de 80%. Mas essa não é a única razão para esse novo movimento no mercado: a possibilidade de usar uma roupa que dificilmente irá ser encontrada em outra pessoa pelas ruas pesa nesse momento para muitos compradores.


Luana Montone é formada em jornalismo e há três anos promove um bazar em sua própria casa. Segundo ela, a ideia veio da vontade de estar sempre renovando seu armário:


“Nós mulheres enjoamos facilmente de algumas peças que outras pessoas gostariam de usar/ter. O bazar é como uma 'troca' muito mais barata e vantajosa para as amantes dessa moda reciclável. E uma ótima oportunidade para as que gostam de garimpar, assim como eu. Esse ano já estamos pensando em fazer o segundo. Com a crise, a procura pelo bazar aumentou muito também. Todo mundo quer se vestir bem e gastar pouco.”


A jornalista é super adepta da moda sustentável, não só promove seu bazar como também está sempre comprando em brechós, bazares e grupos de redes sociais que apostam na revenda e troca de roupa:


“Eu acho que a moda sustentável é o caminho para meninas que gostam de moda, mas não querem ou não podem gastar muito. Muitas pessoas ainda têm um certo preconceito com esse tipo de moda. Não gostam de usar roupa usada, não gostam de ver suas roupas com outras meninas. Mas acho que é uma pequena parcela. A moda sustentável está crescendo e o aumento na quantidade de bazares é uma prova disso.”


Outro motivo importante é a colaboração no consumo consciente que os brechós promovem. Eles têm um grande reflexo na diminuição da produção de lixo, mesmo que não seja um dos pensamentos principais no ato da compra. Essa matemática é importante e promove um grande impacto, a atitude de reutilizar, customizar e revender peças de boa qualidade é um ato de consumo sustentável.


Fomos até o Shopping Downtown, na Barra da Tijuca, para conhecer o brechó “1 2 3 Outra Vez”. O bazar foi o primeiro do Rio de Janeiro voltado para o público infantil, mas o sucesso foi tanto que o espaço foi ampliado para atender também os adultos, confira o vídeo:




Se ficou convencido e quer correr para um brechó perto de casa, seguem algumas dicas para fazer a compra certa.


  1. Conheça o brechó. Há locais com diversos tipos de roupas, mas têm os especializados em determinados estilos. Então, antes de perder tempo a um brechó sem informação nenhuma, ligue para o local e se informe.
  2. Avalie. Há algumas peças que podem estar com problemas no acabamento, sem um botão. Tenha certeza que você irá consertar a peça, se não, nem vale a pena. Mas claro, atenção às manchas e coisas que não têm ajuste.
  3. Se for um brechó com peças de grife, confirme a autenticidade.
  4. Por último, mas não menos importante: a maioria dos brechós não faz trocas. Então, toda atenção é importante, prove, toque, olhe os mínimos detalhes.


E para quem não conhece nenhum brechó legal perto de casa, listamos vários onlines para você poder aproveitar:


Enjoei: Aqui você compra de acessórios à máquina fotográfica.


Recicla Luxo: Reciclaluxo.com.br é um novo conceito de comércio eletrônico de itens de luxo seminovos, com 100% da renda revertida para instituições beneficentes parceiras.


Brechó Online: é uma loja virtual focada em produtos de brechó, voltada para o público feminino. Está no mercado online desde 2012, quando nasceu com o nome de “Dress like a Nerd”. Algumas mudanças e evoluções ocorreram desde então para se adaptar ao mercado e melhor atender suas clientes.


Garimpário: é um brechó online que oferece algo que vai muito além de uma peça que já foi de outra pessoa: é um estilo autoral e exclusivo, aliado à consciência ambiental.


Etiqueta única: é uma plataforma online que oferece artigos autênticos de luxo, seminovos, sob curadoria de equipe especializada. Ao receber um produto, a equipe avalia, autentica, higieniza e, então, expõe o item no site.







0 comentários: